Lista: 5 coisas para não fazer em Santorini

Sugestões de coisas para evitar na ilha grega de Santorini.

Em nossas últimas postagens nós falamos sobre os passeios que fizemos durante quatro dias na ilha de Santorini, tida como a mais romântica das ilhas gregas e dona do pôr do Sol mais bonito do mundo.

Aqui no Turismo Independente e em muitos outros blogs vocês encontrarão diversas dicas sobre o que fazer na ilha, onde se hospedar, o que conhecer etc.

Mas e o que não fazer em Santorini? Pois é. Existe uma listinha dessas também.

Na realidade, nós encontramos esta lista em um blog escrito em Inglês. Nas linhas a seguir traduziremos as dicas do site matadornetwork, que você pode conferir no idioma original clicando no nome do site.

1. Não espere encontrar o mesmo ambiente de Ios ou Mikonos.

Santorini não é uma ilha festeira, como as ilhas de Ios ou Mokonos são. Você até encontrará algumas baladas em Santorini, mas a fama da ilha não vem por causa de suas noitadas .

Curta Santorini por causa disto.

Santorini tem suas baladas, mas é uma ilha para relaxar.

Santorini tem suas baladas, mas é uma ilha para relaxar.

Parte do charme de Santorini está no seu clima relaxante. Deixe o seu relógio de lado, coloque os pés para cima e curta o ritmo lento da ilha.

Se quiser um pouco de cada (relax e balada), Perissa pode ser uma boa opção, com espreguiçadeiras na praia para relaxar e música ao vivo até tarde em vários restaurantes da vila.

2. Não contrate um tour.

As agências de Santorini oferecem diversos passeios: tour no vulcão, tour em águas termais, tour de barco etc. Diz o blogueiro que as águas termais não são tão quentes assim (não experimentamos) e que o teor de enxofre é muito alto. Além disto, ver o vulcão de pertinho é bem menos espetacular do que vê-lo de longe.

Faça seus próprios caminhos.

Fuja dos passeios fechados; crie os seus caminhos.

Fuja dos passeios fechados; crie os seus caminhos.

Alugue um quadriciclo, um carro, uma scooter. A ilha não é tão extensa, então você pode dirigir de uma ponta à outra num único dia, descobrindo lugares novos. A Patricia, do Turomaquia, acha uma roubada Santorini sem carro. Já para nós, foi tranquilo não dirigir nos dias em que estivemos lá.

3. Não pense que Santorini resume-se nas vilas de Fira e Oia.

Não há dúvida de que estas duas vilas são as mais fotografadas pelos turista, e não é por menos: casinhas brancas, com detalhes em azul, tendo como paisagem de fundo o Mar Egeu ou o pôr do Sol.

Há muito mais do que isso em Santorini. Certifique-se de ver os outros tons de Santorini além do branco e azul.

Existem outras cores.

Explore as demais cores da ilha.

Explore as demais cores da ilha.

Tome um banho de Sol na Praia Vermelha; almoce na famosa Praia Negra em Perissa, ou ainda curta as antigas formações rochosas da Praia Branca.

Desça até Amoudi Bay; suba até a pequena igreja no topo da enorme rocha que separa as localidades de Kamari e Perissa; procure por praias secretas perto do aeroporto…

4. Não gaste fortunas em refeições com vista para o mar.

Em geral, quanto mais turístico é um lugar, mais caro são os seus preços. E pagar mais caro não significa melhores produtos/serviços. Quanto mais perto da Caldeira, mais caras as refeições (afinal, você pagará também pela vista).

Refeições (e hospedagem) com vista da Caldeira: prepare o bolso.

Refeições (e hospedagem) com vista da Caldeira: prepare o bolso.

Vilas como Megalochori, Vlychada e Perissa possuem bons locais por preços melhores. Até mesmo Fira e Oia possuem locais com bons preços, desde que você não faça questão de comer olhando para as falésias e o Mar Egeu.

5. Não espere que tudo ocorra sem problemas.

Você está em uma ilha grega, e o tempo é irrelevante. Se algo quebrar, será consertado… amanhã… ou depois. Não se preocupe.

O mesmo vale para o abastecimento de água. Pode acontecer de você ir embora da ilha sem o último banho (diz o blogueiro – nós não tivemos esse problema).

Faça como os gregos fazem.

Deixe a correria de lado e relaxe em Santorini.

Deixe a correria de lado e relaxe em Santorini.

Relaxe. Tenha prazer em estar ali, em saborear uma bebida ou uma comida típica. Nada de correria. Não se estresse se o ônibus ou barco atrasar. Viva a vida e a ilha.

banner-mundo4u