Day-Use Hotel Estância Atibainha

Hotel Fazenda Estância Atibainha – Resort & Convention

A convite de um casal de amigos, para comemoração do aniversário dele, passamos um domingo inteiro no Hotel Fazenda Estância Atibainha.

Apesar do nome Atibainha, o hotel não está localizado na cidade de Atibaia/SP, mas sim em sua vizinha Nazaré Paulista, no KM 55 da Rodovia Dom Pedro I. Atibainha é devido ao rio de mesmo nome que passa pela propriedade.

Além das diárias normais, como em todo e qualquer hotel, o Hotel Estância Atibainha oferece a opção de Day-Use: você passa um dia inteiro aproveitando tudo o que o hotel oferece, pagando um valor por pessoa. Grupos possuem descontos.

No Day-Use, além de toda a estrutura do hotel, estava incluso o café da manhã, o almoço (bebidas pagas a parte) e o café da tarde.

Nós chegamos ao hotel por volta das 9:30h, e logo após nossa identificação, seguimos para o restaurante para tomarmos café da manhã. Na minha opinião, há muitas opções doces e poucas opções salgadas, assim como na maioria dos hotéis. As opções doces encantam os olhos!

Logo em seguida, fizemos uma surpresa para o aniversariante, assim que ele chegou ao restaurante. Ele não contava com a galera ali reunida para parabenizá-lo. Foi bem legal.

banner-mundo4u

Dali, nos fomos aproveitar o hotel. Viciados em ecoturismo, e com comichão quando ficamos parados, começamos pela parte natural do hotel, caminhando pelas trilhas que existem na propriedade, que são três: o Caminho da Saúde, com 2800 metros, a Trilha Ecológica, com 250 metros e o Caminho do Rio Atibainha, com 1200 metros.

Hotel Atibainha - área da piscina.

Hotel Atibainha – área da piscina.

Iniciamos pelo Caminho da Saúde, que tem ponto de partida perto da área de apartamentos, logo acima da piscina.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

A primeira metade da trilha é só subida, então prepare o fôlego. E fique atento pois no caminho pode ser que você encontre alguma vaquinha pastando.  Certeza mesmo é que haverá esterco pelo caminho. Na parte mais alta, será possível enxergar a Rodovia Dom Pedro I e até a represa de Nazaré Paulista.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha - Trilha Caminho da Saúde.

Hotel Atibainha – Trilha Caminho da Saúde.

A segunda metade, que é descida, requer atenção, pois é bem íngreme, terminando perto do estábulo.

Nesse ponto você tem a opção de seguir para a área de apartamentos, voltando para “a civilização”, ou ir para o estábulo, que na realidade é onde termina a Trilha Ecológica. É para onde fomos, claro.

banner-turismo-rodape

Passamos ao lado de um cercado onde havia algumas vacas e bezerros, que nos olharam como se estivessem questionando o que nós estávamos fazendo ali. Atravessamos a área do estábulo e fizemos a Trilha Ecológica de trás para frente, retornando ao ponto inicial próximo da piscina.

Hotel Atibainha - Trilha Ecológica.

Hotel Atibainha – Trilha Ecológica.

Hotel Atibainha - Trilha Ecológica.

Hotel Atibainha – Trilha Ecológica.

Hotel Atibainha - Trilha Ecológica.

Hotel Atibainha – Trilha Ecológica.

Não estávamos afim de ficar ali na piscina, sem fazer nada, então continuamos andando pelo hotel, chegando até ao lago de pesca e local para passeio de pedalinho. Ficamos ali, sentados em um banco, curtindo a paisagem e observando algumas gansas chocando os seus ovos. Depois fomos até um parquinho para as crianças. Ao lado tem um espaço com ovelhas e pôneis.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Nossa próxima parada foi na sala de jogos, onde brincamos um pouco de ping-pong (fazia muito tempo que não jogava isso) e fuçamos em alguns games que havia ali. E logo veio a hora de almoçar.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha - Estrutura de lazer.

Hotel Atibainha – Estrutura de lazer.

Chegamos ao restaurante e estava lotado. As mesas, em sua maioria, são dispostas uma ao lado das outras, formando uma grande mesa.

Quem está usufruindo do Day-Use, e queira alguma bebida para acompanhar a refeição, deve previamente seguir até a recepção e comprar uma espécie de ticket, para entregar ao garçom no restaurante.

Além das opções de salada, vimos um balcão só de comida oriental. Havia também os pratos quentes, com o básico: arroz, feijão e macarrão. Carnes bovina, de frango e peixe.

Depois do almoço voltamos para a sala de jogos, pois havia uns sofás ali para descansarmos. Mas logo que chegamos fomos chamados para andar no “trenzinho” do hotel.

banner-turismo-mondial-15off

Esse trenzinho, puxado por um trator, percorre o Caminho do Rio Atibainha, a trilha que faltava fazermos. Economizamos um pouco as pernas ao conhecê-la sobre rodas. Metade da trilha é passando por entre as árvores da Reserva Ecológica do hotel, em área sombreada.

 

Hotel Atibainha - Trenzinho.

Hotel Atibainha – Trenzinho.

Hotel Atibainha - Passeio de trenzinho.

Hotel Atibainha – Passeio de trenzinho.

Hotel Atibainha - Passeio de trenzinho.

Hotel Atibainha – Passeio de trenzinho.

Hotel Atibainha - Passeio de trenzinho.

Hotel Atibainha – Passeio de trenzinho.

Terminado o passeio com o trenzinho, seguimos para o restaurante para cantarmos “Parabéns” ao nosso amigo, comermos salgados e bolo, e depois voltarmos para casa.

O hotel é opção para um domingo diferente, próximo de Campinas e São Paulo.